Valdeck Almeida de Jesus
O poeta da verdade!
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
A chegada de Michel Temer ao Inferno
Autoria: Valdeck Almeida de Jesus
Ano: 2017
Tamanho: 298 KB
Formato: PDF
Sinopse:
O Brasil passa por um período de turbulências na política, com propostas de mudanças e revisão de leis, acabando com diversos direitos. Tudo acontece às pressas, sem um debate mais prolongado com a sociedade, o que causa indignação, revolta, passeatas, manifestações populares por todo o país. Este cordel é uma pequena contribuição, de forma irônica, para tentar um mínimo de interlocução, exposição de ideias, um resumo do que muita gente pensa mas não tem oportunidade de divulgar. A História fará justiça a todos e todas, pela contribuição ou por ter se calado diante de tamanho desmonte das instituições, quebra de contratos sociais, destruição de conquistas sociais acumuladas em centenas de anos. Valdeck Almeida de Jesus Salvador, 18 de maio de 2017
 
Monografia LIVRO “MEU CAMINHO”: Citação de Valdeck Almeida de Jesus em artigo de Ana Lúcia Prôa Melo
Autoria: Ana Lúcia Prôa Melo
Ano: 2013
Tamanho: 3 MB
Formato: PDF
Sinopse:
Monografia LIVRO “MEU CAMINHO”: DA IDEIA ÀS LIVRARIAS, de Ana Lúcia Prôa Melo, UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO, CENTRO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS, ESCOLA DE COMUNICAÇÃO.
 
Vozes e Escritas Femininas em Angola. Cita: Valdeck Almeida em TCC de Helenice Moreira Dias
Autoria: Helenice Moreira Dias
Ano: 2013
Tamanho: 1 MB
Formato: PDF
Sinopse:
"Vozes e Escritas Femininas em Angola: a luta pela sobrevivência e emancipação de mulheres (1961-2002)", de Helenice Moreira Dias em Tese de Mestrado em História Social, pela Pontífica Universidade Católica de São Paulo - USP, em 2013.
 
História e Memória da Trajetória Político-Intelectual de Jorge Amado. Cita Valdeck Almeida
Autoria: Carolina Fernandes Calixto
Ano: 2016
Tamanho: 3 MB
Formato: PDF
Sinopse:
"História e Memória da Trajetória Político-Intelectual de Jorge Amado", de Carolina Fernandes Calixto, para o Programa de Pós-Graduação em História, do Instituto de Ciências Humanas e Filosofia, da Universidade Federal Fluminense, ano 2016.
 
O conto e o romance contemporâneos na perspectiva das literaturas... Cita Valdeck Almeida
Autoria: Antônio de Pádua Dias da Silva
Ano: 2016
Tamanho: 5 MB
Formato: PDF
Sinopse:
"O conto e o romance contemporâneos na perspectiva das literaturas pós autônomas (recurso eletrônico)", de Antônio de Pádua Dias da Silva (organizador), Campina Grande, EDUEPB, 2016. Série: literatura e interculturalidade.
 
Lugar de branca/o e a/o branca/o fora de lugar: representações sobre a branquitude
Autoria: Joyce Souza Lopes
Ano: 2016
Tamanho: 2 MB
Formato: PDF
Sinopse:
Lugar de branca/o e a/o branca/o fora de lugar: representações sobre a branquitude e suas possibilidades de antirracismo entre negras/os e brancas/os do/no Movimento Negro em Salvador-BA. Dissertação de Mestrado de Joyce Souza Lopes, defendida na Universidade Federal de Pelotas-RS, no Instituto de Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social e Cultural, Área de Concentração: Antropologia Social e Cultural. Ano 2016. Dentre os entrevistados está Valdeck Almeida de Jesus.
 
Ruta 66: Amores Y Dolores de un Poeta
Autoria: Valdeck Almeida de Jesus
Ano: 2016
Tamanho: 3 MB
Formato: PDF
Sinopse:
Al comenzar a leer Ruta 66: Amores y Dolores de un Poeta, para poder escribir con mayor propiedad sobre este inolvidable artista; confieso que por varios y constantes momentos viajé, me deleité y me quedé en el placer de leer y releer los graciosos poemas escritos por él, como “Vivir es un vicio”, “Exagerado”, “Ángel”, “Queremos ser, no queremos tener”, entre otros. Yo leía y releía, olvidando, a veces, que mi misión era la de terminar la presentación y no la de disfrutar y divertirme leyendo los poemas. Walter “S” – um mero poeta
 
Revista Varal do Brasil - literário e sem frescura
Autoria: Valdeck Almeida de Jesus, Jacqueline Aisenman e Varenka de Fátima e outros
Ano: 2016
Tamanho: 9 MB
Formato: PDF
Sinopse:
Edição de junho de 2016. Editada por Jacqueline Aisenman, escritora, produtora cultural, promotora de eventos literários. Textos sobre racismo, discriminações, inveja etc. Valdeck Almeida de Jesus participa com o artigo "Racismo é crime e devemos combatê-lo todos os dias".
 
Citação de Valdeck Almeida de Jesus em arquivo do Ministério da Cultura
Autoria: Ministério da Cultura
Ano: 2012
Tamanho: 4 MB
Formato: PDF
Sinopse:
"Mapeamento Estruturado em Treze Estados Estratégicos para o Viés da Economia da Cultura", produzido pela Secretaria da Economia da Cultura, Ministério da Cultura, em 2012
 
Citação de Valdeck Almeida em Dissertação de Mestrado da Universidade Estadual da Bahia
Autoria: Vandelma Silva Santos
Ano: 2014
Tamanho: 725 KB
Formato: PDF
Sinopse:
Citação de Valdeck Almeida em Dissertação de Mestrado da Universidade Estadual da Bahia: ESCRITAS DESLOCADAS: A PRODUÇÃO LITERÁRIA ALAGOINHENSE NO DISCURSO DA FUNDAÇÃO CULTURAL DO ESTADO DA BAHIA, defendida por Vandelma Silva Santos, no Departamento de Educação, Programa de Pós-Graduação em Crítica Cultural PÓSCRÍTICA/DEDC II Alagoinhas-BA, em 2014.
 
Citação de Valdeck Almeida de Jesus em artigo de Maria Aparecida Ribeiro sobre Jorge Amado
Autoria: Maria Aparecida Ribeiro
Ano: 2012
Tamanho: 276 KB
Formato: PDF
Sinopse:
Citação de Valdeck Almeida de Jesus no artigo "Transforma-se o amador na coisa amada ou Jorge Amado em cordel", sobre Jorge Amado, escrito por Maria Aparecida Ribeiro, Diretora do Instituto de Estudos Brasileiros na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (Portugal), em julho de 2012.
 
Revista 7 Faces publica dois poemas de Valdeck Almeida de Jesus
Autoria: Valdeck Almeida de Jesus e Outros
Ano: 2015
Tamanho: 6 MB
Formato: PDF
Sinopse:
Organizada por Pedro Fernandes de Oliveira Neto e Cesar Kiraly, Capa de Macha Mélaine e Projeto gráfico, editoração eletrônica e diagramação de Pedro Fernandes de Oliveira Neto, a revista 7 Faces, em edição eletrônica de 236 páginas traz os poetas Matheus José Mineiro, Ana Maria Rodrigues Oliveira, Valdeck Almeida de Jesus, Waleska Martins, Bruno Baker, Rafaela Nogueira, Léo Br, Guilherme Dearo, Luiz Walter Furtado, Jorge de Freitas, Leonardo Chioda, Yasser Jamil Fayad, João Grando, Ricardo Escudeiro, Maria Azenha, Carole B., Lucas Grosso, Ludmila Barbosa, Cesar Carvalho, Marcos Mariani Casadore, Daniel Machi, Andreï Ribas e os Autores convidados Luisa Destri, Mariana Payno, Luiza Helena Novaes. 7faces - caderno-revista de poesia, Ano VI, 12 edição, Ago.-Dez. 2015
 
Jornada Estudantil - jornal do Grêmio Livre Dinaelza Coqueiro
Autoria: Valdeck Almeida de Jesus
Ano: 1995
Tamanho: 1 MB
Formato: PDF
Sinopse:
Primeiro jornal do Grêmio Livre Dinaelza Coqueiro, fundado no Instituto de Educação Régis Pacheco - IERP, em Jequié-BA, por Domingos Ailton Ribeiro de Carvalho, Valdeck Almeida de Jesus e outros estudantes.
 
Citação de Valdeck Almeida de Jesus no TCC de Ricardo Caetano da Silva
Autoria: Ricardo Caetano da Silva
Ano: 2010
Tamanho: 431 KB
Formato: PDF
Sinopse:
Ao analisar os rumos das cotas universitárias no Brasil, deparamos com uma série de discrepâncias com relação às opiniões de vários segmentos da sociedade, que levantaram questões extremamente interessantes e relevantes a este projeto do governo. Para muitos é um “racismo às avessas”, para outros não passa de uma imitação de um modismo importado, para outros tantos uma reparação para tantos anos de sofrimento experimentado, principalmente pelos negros. Após tantos anos de exclusão social e consequentemente exclusão mercadológica, os menos favorecidos, finalmente, conseguem aventar a possibilidade de acesso à educação, bens de consumo e, principalmente, a possibilidade de uma vida mais digna, cidadã.
 
Memorial do Inferno - Biografia de Valdeck Almeida de Jesus
Autoria: Valdeck Almeida de Jesus
Ano: 2007
Tamanho: 2 MB
Formato: PDF
Sinopse:
Segundo Lázaro Ramos, o livro narra a vida de um brasileiro que nunca parou de lutar por seu lugar ao sol. Valdeck, rapaz pobre, cuja mãe era paralítica e o pai portador de várias enfermidades que o impossibilitavam de trabalhar, nasceu no interior da Bahia. Sua família não tinha casa própria nem renda suficiente para o sustento de um casal pobre com oito filhos. Viveram precariamente em casas de aluguel, sem móveis, sem conforto, sem sequer água encanada e energia elétrica. O grande amor de uma mãe sofrida, Paula Almeida de Jesus, manteve essa família unida, até que cada um dos filhos pudesse sobreviver por si só. Órfão de pai, Valdeck, protagonista desta obra, viu-se obrigado a assumir a família aos 16 anos de idade, tendo vivido e trabalhado para sustentar e educar os irmãos. Contra todas as apostas, estudou, venceu na vida e hoje ocupa um cargo federal, tendo seus esforços reconhecidos. Essa família de brasileiros e lutadores continuou unida, como era da vontade de uma mãe valente, mesmo após sua morte, em junho de 2000. E hoje todos os membros da família Almeida, apesar de suas vidas atribuladas ou da distância que os separa, encontram sempre uma data no calendário para se visitar e estar juntos, compartilhando momentos de alegria e tristeza. Mais do que uma história real, esta obra relata um exemplo de vida que pode servir de espelho, inclusive, para muitos jovens das nossas grandes cidades brasileiras, que, ao invés de estudar e acreditar em seus sonhos, optam por...
 
Alguns poemas inúteis
Autoria: Valdeck Almeida de Jesus
Ano: 2016
Tamanho: 586 KB
Formato: PDF
Sinopse:
Apresentação: O dia a dia nos faz passar batido por tantas coisas inúteis que deixamos pelo caminho e outras tantas tão inúteis quanto, guardamos dentro de nós como segredo de polichinelo. Amores inúteis, caminhos inúteis, pessoas inúteis, lembranças inúteis, tanto de inútil tem na vida que consegue nos enganar como a sereia de Ulisses. Poemas ditos inúteis poucos têm coragem de assumir e guardar, quanto mais publicar, mostrar pro mundo, isso Valdeck Almeida de Jesus fez como ninguém no livro “Alguns Poemas Inúteis“, conseguindo transmutar o que seria inútil em textos vigorosos e fiéis a um caminho que ele vem trilhando como crítico sagaz de si mesmo e do cotidiano que lhe habita e lhe cerca. Na verdade, inúteis somos todos nós em não conseguirmos perceber que azulejos têm cores diferentes, assim como poemas têm utilidades diferentes na nossa percepção. Criar assim, passa a ser a atividade “inútil” mais útil que alguém pode ter... pois poemas úteis são óbvios e previsíveis e isso Valdeck Almeida de Jesus não é. Jorge Baptista Carrano Poeta, Escritor e Publicitário
 
Sim, sou gay. E daí? Desabafos de Alice no País das Maravilhas
Autoria: Valdeck Almeida de Jesus
Ano: 2013
Tamanho: 498 KB
Formato: PDF
Sinopse:
Trata-se de um romance que mistura ficção com realidade. Parte dos textos foi colhida em entrevistas cujos nomes foram substituídos para preservar a identidade. A obra conta a aventura de um homossexual em busca da felicidade e as peripécias usadas para alcançar o seu objetivo. De forma cômica e hilária, recheada com pitadas de ironia e sarcasmo o escritor Valdeck Almeida de Jesus leva o leitor a se deliciar com os desabafos da protagonista. Originalmente lançado em inglês, com o título “Yes, I am gay. So, what? Alice in Wonderland”, o livro chegou às livrarias de Portugal, Espanha, Holanda, Moçabique, Angola, Bélgica e França e já tem versão eletrônica tanto em inglês quanto em português. Na opinião John Keene, escritor, tradutor e professor-adjunto de Estudos Ingleses e Afro-Americanos na Universidade de Northwestern, “Ao longo da leitura, o protagonista nos oferece ainda pinceladas de um Brasil contemporâneo, em particular um Brasil de minorias, do qual qualquer pessoa, independente de seu segmento social, econômico e político, poderá se beneficiar, uma vez que o livro apresenta um panorama geográfico e cultural que remete a "Macunaíma", de Mário de Andrade, e à ousadia presente nas ficções de Rubem Fonseca”.

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original (Valdeck Almeida de Jesus - www.galinhapulando.com).
 
Feitiço contra o feiticeiro
Autoria: Valdeck Almeida de Jesus
Ano: 2015
Tamanho: 226 KB
Formato: PDF
Sinopse:
A poesia te chama! Marccelus bragg Com as alpargatas em prosa, nós que somos desta Bahia das letras – a mesma nação acarajé e mãe de um Castro Alves, Antônio Short e Wally Salomão, vamos aproveitar o momento e dar um aperto de mãos. Dizer um sincero “prazer em te conhecer” ao poeta: Valdeck de Jesus. Este artífice das palavras vem de Jequié. Está na casa dos trinta e é um profissional do turismo. Entende de sol, luz e cultura sertaneja. A sua visão mítica do passado se entusiasma, quando ele se lembra dos folclóricos repentistas das ruas da Cidade Sol. Recorda na sua pródiga imaginação a peleja eterna entre Deus e o Diabo. Uma ilíada. Uma batalha cantada por poetas populares e escutada em versos pela gente mais simples e humilde que não entrega os pontos diante do sofrimento. Da infância o medo, como quase toda criança tem - do lobisomem e do chupa sangue – aquela criatura de negro que desce pelo telhado pra sugar o sangue dos moleques endiabrados. Adulto, Valdeck descobriu que a necrose da alma é fatal quando se sofre do mal de amor. E se for aquele amor impossível? Aquele amor bandido que alguns têm dentro de si e não tem a coragem de fazê-lo livre?
 
Gayroto de Programa: 5000 tons de sexo
Autoria: Valdeck Almeida de Jesus
Ano: 2015
Tamanho: 1 MB
Formato: PDF
Sinopse:
Um gay sai de casa em busca de seu grande amor e de liberdade. Sem dinheiro, se submete a vender sexo e se aventura pelo mundo da orgia e do amor que se compra em qualquer esquina.
 
Prêmio Valdeck Almeida de Jesus de Literatura - 2013
Autoria: Valdeck Almeida de Jesus
Ano: 2013
Tamanho: 1 MB
Formato: PDF
Sinopse:
ColeTtânea de poemas selecionados pelo concurso Valdeck Almeida de Jesus de Literatura
Página 1 de 5 1 2 3 4 5 [próxima»]