Valdeck Almeida de Jesus
O poeta da verdade!
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário Textos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks

Deus, na visão de Dimythryus
Deus

Além dos traços
Que escopeiam a fina tez do universo
Das flamas cores ígneas opalescentes
Do carmim vivo da rosa.

Onde as palavras escasseiam
E o silêncio torna-se mestre
Os mistérios se manifestam
E o vazio das incógnitas se revelam.

O microcosmo se reafirma
O verde mar mediterrâneo renasce
As crianças tomam pra si o que é puro
E transforma a mãe num manancial de candura.

Poesia que toma a essência da aurora
E se sustenta numa força
Que alimentada por si mesma
Gera o Alfa e o Omega.

Em sua forma física é o perispírito
Em sua forma divina é o espírito
Todas as formas gnósticas de amor
Os átomos do ar e da água.

Energia que faz nascer um novo astro
E esfacela outro num estalo
Aquele que está no canto dos pássaros
E também fora dele.

É olhar para dentro de ti
Ainda que sem a luz da visão
E enxergar cercado entre veias
A energia que emana e constitui o próprio Deus.

Dimythryus
11/09/2008
18h23m.  
Valdeck Almeida de Jesus
Enviado por Valdeck Almeida de Jesus em 12/09/2008


Comentários