Valdeck Almeida de Jesus
O poeta da verdade!
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário Textos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks

Bienal Rural Leva Livro e Leitura a distrito de Catu/Ba

A I Bienal Rural de Leitura da Bahia é um projeto de promoção e incentivo da leitura que, por meio de diversas linguagens, busca ampliar o entendimento dos vários contextos e formatos em que a Literatura se insere. Acontece de 28 a 31 de outubro, no Distrito Bela Flor, em Catu/BA

Através dela, alunos do Ensino Fundamental vêm compartilhando seus gostos e experiências literárias com estudantes do Interior da Bahia, e passando a ter uma outra visão das crianças e adolescentes que vivem nessas localidades.

Despertar o interesse de crianças e adolescentes, num intercâmbio entre alunos da zona urbana e da zona rural, pelos livros e outras formas de narrativa, como o cordel, a história oral e os quadrinhos, são alguns dos objetivos da Bienal.

A abordagem dos processos criativos de alguns desses gêneros, feitas através de palestras e bate-papos, também integra a programação.
Sendo assim, a proposta é reunir cartunistas, escritores, jornalistas, profissionais do Teatro, do Cinema e de outras áreas.


O Brasil está entre os maiores produtores do mercado editorial do mundo, ocupando a oitava posição em 2006. Mas, o índice de leitura do brasileiro ainda é menor que o da Colômbia: 1,8 livro por habitante, ao ano.

Cerca de 1.300 municípios das regiões mais pobres do país não possuem uma biblioteca pública e estima-se que 6,5 milhões de brasileiros não possam comprar um livro?
Através do Plano Nacional do Livro e Leitura (PNLL), pretende-se elevar em 50% a quantidade de leitores, num período de três anos.

O programa “Fome de Livro”, do Ministério da Cultura, fala em implantar mil bibliotecas nos municípios onde não haja nenhuma.

É nesse contexto que a Escola Municipal Geminiana Sousa Assunção, a única do distrito de Bela Flor, em Catu, onde crianças e adolescentes dividem o tempo de estudo e brincadeira com os trabalhos da roça, como a lavoura da mandioca e a criação de gado, e o Colégio Villa Lobos, em Salvador, buscam parcerias com as instâncias do Governo e a iniciativa privada, para a promoção de políticas públicas de incentivo e acesso à leitura.

Este ano, o Villa promove mais uma campanha para arrecadação de livros para a escola pública, com o objetivo de 1500 a 2000 títulos, a exemplo da que foi realizada em 2006 e beneficiou a Escola Municipal Geminiana Sousa Assunção, no povoado de Bela Flor, em Catu, possibilitando a criação de uma mini-biblioteca, com os 400 livros doados pelos alunos do Colégio .

Agenda/Contatos


Data: de 28 a 31 de outubro Horário: 14h às 18h.
Local: distrito de Bela Flor, em Catu, Bahia
(a 80 km de Salvador, entre São Sebastião do Passé e Catu).
Programação inteiramente gratuita.
Mais informações: (71) 3281-1000 (José Amarante/Daise Moreira)/
(71) 8219-9993 (Arlon Souza/DRT 3091 – Ascom)

Fonte:
Bienal Rural de Leitura
Valdeck Almeida de Jesus
Enviado por Valdeck Almeida de Jesus em 30/10/2008


Comentários