Valdeck Almeida de Jesus
O poeta da verdade!
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário Textos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks


O fim de uma doutrina

Matei o Papa numa noite de chuva,
Escarrei em sua túnica
O desprezo personificado...
Matei a hipocrisia avassaladora
Livrei a Terra de alguns males e pecados...
Explodi conventos, demoli igrejas,
Enforquei padres, freiras e
Livrei os seminaristas
Para que aprendessem a verdade
Sobre a doutrina que os recrutavam...
Queimei páginas da Bíblia
Em brasas de marihuana
Que o meu ser tragava...
Organizei facções,
Sitiei o Vaticano
Para tirá-lo do mapa e...
Deus viu tudo
e ficou calado

Autoria:
Carlos Conrado
Vice-Presidente da Casa do Poeta de Aracaju e Árcade Imortal Dias Gomes - Arcádia Literária Estudantil
Valdeck Almeida de Jesus
Enviado por Valdeck Almeida de Jesus em 27/04/2009


Comentários