Valdeck Almeida de Jesus
O poeta da verdade!
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário Textos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks

Eu não quero ficar triste
Eu não quero mais ser triste
Mas infelizmente sou
Já não sei o que fazer
Para aprender inglês
Para aprender a andar
Só sei que tudo é nublado
Está tudo tão escuro
Que me impede de te ver
Absorvo-me em lágrimas
Esperando uma saída
Esperando a solução
Mas só vejo é buraco
Vejo somente barreiras
A cegar minha visão.
Mas a despeito de tudo
Cada dia eu desejo
Que seja melhor que o anterior
Tentando achar a saída
Seja cara ou barata
Que permita que eu viva
Pelo menos um segundo
A amar o meu amor.

19 de setembro de 1991, perna engessada.
Valdeck Almeida de Jesus
Enviado por Valdeck Almeida de Jesus em 03/10/2010


Comentários