Valdeck Almeida de Jesus
O poeta da verdade!
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário Textos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks

Sou constantemente inconstante
Sou constantemente inconstante
Nada me preenche
Nada me afoga
Sou cheio de vácuo
Nada me completa
minha repleta ânsia
minha eterna ganância
Nada me totaliza
pois sou mal agradecido
quanto mais eu tenho
mais eu quero ter
quanto mais me encho
quero me encher
quanto mais sufoco
quero sufocar
vou acabar vazio
sem me completar

26 de março de 1992
Barraca “Beijoca”, Patamares, Salvador/BA
Valdeck Almeida de Jesus
Enviado por Valdeck Almeida de Jesus em 03/10/2010


Comentários