Valdeck Almeida de Jesus
O poeta da verdade!
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário Textos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks

Momento de Solidão
Todo homem é só
Nasce só, vive só, morre só
Todo homem é único
Ninguém o substitui
Nada o transforma
Só o acaso transforma
Só o acaso reforma.
Todo homem precisa de afeto
Todo homem precisa de carinho
Todo homem precisa de amor.

Estar só nem sempre significa estar sozinho;
Estar só é um estado de espírito;
Estar só é sofrer o drama de viver:
Dia a dia, no frio de um canto;
É não sentir o toque de alguém;
É não ter o momento do orgasmo dividido.

Todo homem precisa de amar
Amar todo homem sem medo ou terror
Amando um louco com muito amor.

(Ouro Preto, Minas Gerais, 21 de dezembro de 1991, às 19:35 horas)
Valdeck Almeida de Jesus
Enviado por Valdeck Almeida de Jesus em 16/12/2010


Comentários