Valdeck Almeida de Jesus
O poeta da verdade!
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário Textos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks

Na tentativa de acertar o alvo
Atiro em todas as direções
Pra atingir corpos e almas
E pra atingir corações.
Desejo amar um ser humano
Com toda a minha força
Dando paz e alegria
Carinho e muito amor
Levando este ser humano
A sentir-se como Deus
Receber paz e carinho.
Eu também pretendo ter
Numa troca de energia
Que não possa me deter.
Semente dessa união
Não tem chance de sair
Por causa da Anatomia
Que não permite surgir.
Mas o que é importante
É a semente do amor
Que pode me contaminar
E tirar a minha dor.
Corpo podemos alugar
Ou adotar para sempre
Preenchendo o vazio
Que não pode continuar
Ou então seremos sós
Pra viver mais à vontade.
Só quero que me complete
Que preencha meu vazio
Não permitindo que morra
O que nascer entre nós
E que sejamos felizes
Separados ou a sós.

12 de setembro de 1991
Valdeck Almeida de Jesus
Enviado por Valdeck Almeida de Jesus em 16/12/2010


Comentários