Valdeck Almeida de Jesus
O poeta da verdade!
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário Textos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks

Utopia Consciente
Setenta anos de revolução
E ainda sou Radical.
Sonho, fantasio, idealizo
Mas não sou capaz de me fazer feliz.

Não consigo fazer alguém feliz
Nem sei amparar àquele que cai
Sou cientista e sei tudo
Só não sei porque estou aqui.

Neste momento não consigo dormir
Pois estou numa cama gostosa e ouvindo som;
Mas sei que alguém agora dorme
Sob jornais e sobre o chão frio.

Estou triste porque tenho tudo
Ou quase tudo o que necessito;
Enquanto alguém ri e dorme feliz
Sustentado apenas por uma promessa vã...

Deliro e choro por não ser igual a todos
Comum e humano como um qualquer
Mas sei que para o crescimento espiritual
É necessário o sofrimento e o desprazer.

Algo me consola e me conforta
Ao mesmo tempo que me atordoa
Então fico a girar como um louco
Parado, inerte, sem poder impedir.
Valdeck Almeida de Jesus
Enviado por Valdeck Almeida de Jesus em 16/12/2010


Comentários