Valdeck Almeida de Jesus
O poeta da verdade!
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário Textos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks


Enfim, liberdade! (ou não)

Autor: Wesley Vinícius (foto)


Como posso ser livre
Se não tenho aonde ir
Um bom lugar pra acordar
Nem uma cama pra dormir


Se já houve liberdade
Hoje já não há
E o que foi, já se foi
E o que não foi jamais será

Queria apenas uma igualdade
Ou uma casa pra morar
Um presidente que não fosse eleito
Treinado pra me roubar

Me cansei dessa história
Não quero mais nem saber
Dos prefeitos e seus ideais
Afinal do que adianta
Implorar por míseros dez reais

Todos nos dizem o que fazer
Já chegou, já deixou de ser
Nos fazem ver na maternidade
Os nossos pais
Morrendo nos hospitais

"Não se preocupem, tudo vai mudar!"
Acreditei por um instante
Mas me lembro que passou
Mais de quarenta anos

E até hoje ninguém
Resolveu coisa alguma
Quantas pessoas não têm casa
E estão morando nas ruas

Mas eles vão ver
Nós vamos crescer
Vamos sair para uma batalha
Em busca da felicidade
Sequestrar a liberdade.


Wesley Vinícius é um dos poetas que visitam o projeto Fala Escritor e deixou o seu recado em forma de poesia.
Valdeck Almeida de Jesus
Enviado por Valdeck Almeida de Jesus em 11/04/2011


Comentários