Valdeck Almeida de Jesus
O poeta da verdade!
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário Textos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks


Meu Cabelo
 
Minha nudez está na cabeça
Sinto-me sem roupas
Sem pelos, quando estou sem meus cabelos...
Raspados, trançados, despenteados,
Me cobrem o corpo e a alma
Só eles me trazem calma.
 
Nasci com pele, sem pelo
O mundo, com zelo me vestiu...
E os enfeites:
Raspados, trançados, despenteados
Me cobrem o corpo e a alma
Só eles me trazem calma.
 
Nasci em pelo, sem pelo, total nudez
Com o tempo, vesti meu corpo, minha alma e pensamento.
Sem cabelo, hoje, tenho timidez.
Agora, tirar o pelo, me pela o corpo e arrepia
Não quero sentir minha pele fria,
Minha cabeça fica maluca...
Se a nudez está na cabeça
Vou cobri-la com uma bela peruca!!!
 
 
Valdeck Almeida de Jesus
Salvador, 14 de dezembro de 2011
Composição especialmente para Ewerton Matos
Valdeck Almeida de Jesus
Enviado por Valdeck Almeida de Jesus em 14/12/2011


Comentários