Valdeck Almeida de Jesus
O poeta da verdade!
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário Textos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks


Agonia Só

Vivi, vivi, vivi, vivi
Festa, solidão, alegria, tristeza,
Alegria, alegria,
Bebi, bebi, bebi, bebi,
Procurei Jesus,
Sofri, sofri, sofri, sofri,
Tudo o que fiz, me arrependi,
Sofri, sofri, sofri, sofri,
Fiz de novo, fritei ovo,
Comi jaca, sofri de novo,
Vivi, vivi, vivi, vivi
Cansado, dormi.
Sofri, vivi, sorri, de novo.
Procurei Ele, e nada,
Só pedrada, sorri.
Que nada, vida é viver
Vivi, vivi, vivi, vivi,
Nada de arrependimento,
Nada de sofrimento,
Amanhã me confesso, confesso.
Depois, resta-me o universo,
Viverei, sofrerei, chorarei, e nada,
Sexo, sexo, sexo, sexo
Dez, vinte, duzentos,
Até quanto não sei se aguento,
Mil, cinco mil, de novo, de novo,
Ai, que bom. Viver é que é bom.
É Natal.
Valdeck Almeida de Jesus
Enviado por Valdeck Almeida de Jesus em 22/12/2012
Alterado em 22/12/2012


Comentários