Valdeck Almeida de Jesus
O poeta da verdade!
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário Textos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks

Jurutonfa de infusão cura até dor de corno
Me contaram a boca pequena que esta planta rara nasce em lugares inóspitos
Ela prefere paredes de prédios altos ou galhos de plantas não comestíveis
Cresce uns dois a três centímetros e depois as folhas caem
O ciclo de vida não dura mais que quatro a cinco semanas
Vida adulta ela enrijece e hiberna por seis meses
Daí se renova e começa tudo de novo
As folhas precisam estar verdinhas, verdinhas
Duas a três já são suficientes
Uma infusão em um litro de água e pronto
Um copo por dia e a cura chega a cem por cento
Não tem olho gordo nem inveja
Maledicência ou tramoia, nada te pega
Guarda o segredo e pense firme
Tudo vem e a paz te acompanha
Estou à procura da cura faz tempo
E acho que estou perto de encontrar
Valdeck Almeida de Jesus
Enviado por Valdeck Almeida de Jesus em 21/05/2013


Comentários