Valdeck Almeida de Jesus
O poeta da verdade!
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário Textos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks

Palavras gordas
negras, ríspidas,
polidas
vocábulos lapidados
congelados
cozidos, crus
palavras cortadas
recortadas, raladas
palavras com cheiro,
molhadas, queimadas
palavras coloridas,
afogadas, assassinadas,
palavras descoloridas,
incolores, com sabores
palavras tímidas,
falantes, mudas
palavras loucas,
racistas, assassinas,
sem sina
palavras venenosas,
cortantes, sentimentais...
são apenas palavras
sem vida,
com uso e abuso,
quando proferidas
quando intencionais
quando bem ditas
quando mal ditas
quando benditas
quando malditas

Oficina Escrita em Trânsito com Marília Garcia
Salvador, 17 de setembro de 2014
Valdeck Almeida de Jesus
Enviado por Valdeck Almeida de Jesus em 16/11/2014


Comentários