Valdeck Almeida de Jesus
O poeta da verdade!
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário Textos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks

Baile de asas
Baile de asas
(Tiago Oliveira)

Alimente as borboletas
com a sensação interior.
Chame de liberdade ou de poesia.
Nesse baile de asas revele a fantasia, o torpor.
As palavras bailarinas têm o dom de polinizar,
mas não se dão a quem não se entrega
a abstratas composições para a luz emanar.
A musa observa o nada,
para ela a essência do nada é beleza
e dele tira vida e substância que exala,
sendo crisálida ou borboleta,
está fadada ao voo e dança de asas.

Tiago Quingosta é natural de Macapá-AP. Advogado, poeta e escritor, tem um livro publicado chamado “Foz Florescente” e participou de várias antologias nacionais. Publica suas obras em meio eletrônico, a saber, no blog www.aguasdolethe.blogspot.com e no Grupo Poético do qual é um dos fundadores, Pena & Pergaminho, na rede social Facebook.
Tiago Oliveira
Enviado por Valdeck Almeida de Jesus em 24/02/2015


Comentários