Valdeck Almeida de Jesus
O poeta da verdade!
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário Textos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks

O Circo, O Palhaço, O Menino
O Circo, O Palhaço, O Menino
(Marcos Peixe)

“Vou ao circo:
Rir com o palhaço
Nariz avermelhado
Roupa multicolorida
Sapato alongado”.

Voa ao circo...
O menino alado
O olho arregalado
A bermuda florida
O chinelo remendado.

“Vou pro circo!”
O menino será o palhaço
O sonho realizado
A vida querida:
Deixar mais menino abobado.

No centro do circo
O riso despojado
De tanto riso largo
Na face do menino
Que um dia virou palhaço!

Marcos Antonio Santos Souza (condinome Marcos Peixe) é natural de Salvador-BA. Contista, poeta e professor de Língua Portuguesa, tem um livro publicado: “Olhos Obnublados – crianças, adolescentes e adultos invisíveis deste país”, além de poemas em antologias e revistas. Graduado Letras Vernáculas, ama a literatura, que “faz parte do meu dia a dia e por meio dela realizo a catarse cotidiana”.
Marcos Peixe
Enviado por Valdeck Almeida de Jesus em 26/03/2015


Comentários