Valdeck Almeida de Jesus
O poeta da verdade!
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário Textos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros ŕ VendaLivros ŕ Venda PręmiosPręmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks

Vertiginoso Dilúculo
Vertiginoso Dilúculo
(Ricardo Lacava)

Noite perene de insônia,
Raciocínio efêmero incoerente,
Ao despertar nesta cálida manhã,
Algo estava diferente!
Atrás, o sonho de menino, olvidado por um fio de bigode,
O estafante fado terá que carregar,
A princípio será íngreme e penoso,
Mas com o andar do relógio irá se acostumar!
Para alguns vêm mais cedo,
Para outros nunca virão,
O semblante da metamorfose concretiza-se,
Ao encontro da erudita razão!
Quando chegar esta inesperada hora,
Não deve resvalar-se dos fatos,
Nesta inusitada fase do jogo,
Será responsável por seus atos!
Há quem jamais despertará,
Deste frutívoro sono profundo,
Sem jamais atinar a essência,
Sem jamais atinar o mundo!

Ricardo Lacava  é graduado em veterinária (UNESP), mestrado (UFSCAR) e doutorado (UNESP), possui vários artigos científicos publicados em periódicos nacionais e internacionais. Morou em Londres durante 2003-2004, onde trabalhou em diversas áreas. Participação em antologias poéticas por meio de concursos literários com algumas classificações e menções honrosas. Desde 2008 trabalha no Ministério da Agricultura.
Ricardo Lacava
Enviado por Valdeck Almeida de Jesus em 08/05/2015


Comentários