Valdeck Almeida de Jesus
O poeta da verdade!
Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Fotos Perfil Livros ŕ Venda Pręmios Livro de Visitas Contato Links
Vertiginoso Dilúculo
Vertiginoso Dilúculo
(Ricardo Lacava)

Noite perene de insônia,
Raciocínio efêmero incoerente,
Ao despertar nesta cálida manhã,
Algo estava diferente!
Atrás, o sonho de menino, olvidado por um fio de bigode,
O estafante fado terá que carregar,
A princípio será íngreme e penoso,
Mas com o andar do relógio irá se acostumar!
Para alguns vêm mais cedo,
Para outros nunca virão,
O semblante da metamorfose concretiza-se,
Ao encontro da erudita razão!
Quando chegar esta inesperada hora,
Não deve resvalar-se dos fatos,
Nesta inusitada fase do jogo,
Será responsável por seus atos!
Há quem jamais despertará,
Deste frutívoro sono profundo,
Sem jamais atinar a essência,
Sem jamais atinar o mundo!

Ricardo Lacava  é graduado em veterinária (UNESP), mestrado (UFSCAR) e doutorado (UNESP), possui vários artigos científicos publicados em periódicos nacionais e internacionais. Morou em Londres durante 2003-2004, onde trabalhou em diversas áreas. Participação em antologias poéticas por meio de concursos literários com algumas classificações e menções honrosas. Desde 2008 trabalha no Ministério da Agricultura.
Ricardo Lacava
Enviado por Valdeck Almeida de Jesus em 08/05/2015
Comentários