Valdeck Almeida de Jesus
O poeta da verdade!
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário Textos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks

Gotas de Sangue
Gotas de Sangue
(Adriano Ferris)

O que escrever em folhas brancas quando maculadas?
As gotas das lágrimas caem deixando nelas nódoas
Seria uma simples missiva de amor, mas cadê os vocábulos?
Meus olhos fixam-se na folha em perene espera
E meus pensamentos fazem-me lembrar de um ser
Que não se importou com os meus sentimentos e se foi
Deixando-me em meio ao mar de salsas lágrimas
Quisera poder apagar o acontecido triste e frio
Mas eternizado e marcado na alma encontra-se
Não seria capaz de descrever a amargura de um coração
Pensava eu que seriam gotas de sangue caídas ao solo
Em meio a aflição em ser desprezado e magoado
Meu coração ainda bate em meio essa agonia
O meu peito aperta dificultando minha respiração
E questionamentos vagueiam em minha mente
Por que fui amar quem não merecia o meu coração?
Minhas mãos manchadas... serão gotas de sangue?

Adriano Ferris é natural de São Paulo. Escreve poesias e textos diversos desde janeiro de 2010, em diversas redes sociais, e tem se tornado conhecido deste então. Seus textos às vezes seguem o lado romântico sensual, em que cada frase desperta sentimentos diversos em quem os leem. Participou de diversas antologias literárias. Mantém o blog adrianoferris.blogspot.com.
Adriano Ferris
Enviado por Valdeck Almeida de Jesus em 09/05/2015
Alterado em 09/05/2015


Comentários