Valdeck Almeida de Jesus
O poeta da verdade!
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário Textos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks


Mapeamento de Escritores e Artistas da Palavra acontece na Bahia

Conheça e acesse o portal do Mapa da Palavra.BA, projeto que visa diagnosticar a produção literária na Bahia

Identificar artistas da palavra nos 27 territórios de identidade da Bahia e ajudar a divulgar suas produções estão entre os objetivos do Mapa da Palavra.BA. O projeto foi lançado pelo secretário de Cultura do Estado da Bahia, Jorge Portugal, durante a Festa Literária Internacional de Cachoeira (FLICA), que aconteceu de 14 a 18 de outubro. O anúncio aconteceu no dia 16 de outubro, na abertura da mesa Versos Diversos, que reuniu as autoras baianas Clarissa Macedo e Rita Santana.

“Esse mapeamento é fundamental para conhecermos quem faz a nossa cultura e, a partir daí, aprimorar nossas políticas públicas em uma área tão importante como a Literatura. Iremos identificar escritores, poetas, cronistas, recitadores e cordelistas que encantam através da palavra”, afirmou Jorge Portugal. Realizado pela Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB), unidade da Secretaria de Cultura da Bahia (SecultBA), o Mapa da Palavra.BA iniciou no dia 16 de outubro a etapa de cadastramento, que segue até 14 de março de 2016. Escritores que atuam nos 27 territórios de identidade do estado ou baianos que residem fora podem se inscrever.

“O Mapa da Palavra.BA busca abarcar a literatura em sua complexidade, incluindo perspectivas artísticas, econômicas, sociais, entre outras, para conhecer esta realidade mais aprofundadamente e, a partir daí, propor metas e estratégias ao Plano Setorial de Literatura do Estado. Para isso, é imprescindível conhecer o segmento a partir das informações coletadas de seus criadores e fazedores”, destaca Fernanda Tourinho, Diretora da FUNCEB. Após o período de inscrições, as próximas etapas são a seleção das produções literárias e o lançamento da plataforma virtual do projeto, com biografias e produções literárias dos artistas da palavra. Na sequência, serão realizadas quatro publicações virtuais e/ou impressas das obras de artistas selecionados.

O mapeamento surgiu a partir das experiências de outras linguagens artísticas, na FUNCEB, e da necessidade de compreender, de forma mais sistemática, como o setor da Literatura tem feito suas produções e, conseqüentemente, quais seriam as políticas de fomento à Literatura que poderiam ter maior eficácia.

Para acessar o portal do Mapa da Palavra.BA clique aqui.
Valdeck Almeida de Jesus
Enviado por Valdeck Almeida de Jesus em 28/08/2015
Alterado em 17/11/2015


Comentários