Valdeck Almeida de Jesus
O poeta da verdade!
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário Textos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks

Acabou-se o que era doce

Da ganância de alguns
Muitos foram para o além
Destruíram vilarejos
Acabaram com o vicejo
De pequenos guaiamuns
Afundaram muitos sonhos
Fizeram de pacatos vales
Pesadelos dos medonhos
Aterraram fantasias
Atropelaram casebres
Fizeram das belas minas
Cortejo lento e fúnebre
De roldão o Espírito Santo
Deu passagem aos metais
Arrastando para os mares
Memórias de ancestrais
A ganância levou tudo
Atolou pra sempre a vida
E deixou só cicatrizes
Pra quem seguiu em sua lida...

Salvador-BA, 16 de novembro de 2015

 
Valdeck Almeida de Jesus
Enviado por Valdeck Almeida de Jesus em 16/11/2015


Comentários